Um ídolo que vale a pena

Depois de passar muitos anos decepcionado por ver que os ídolos no Brasil resumiam-se a jogadores de futebol e participantes de Big Brother, fiquei feliz ao ver que agora temos um ídolo que realmente vale a pena ser idolatrado.

O Marcos é um exemplo de paciência e persistência na busca dos nossos sonhos. Quando a maioria acreditava que o espaço era só para EUA e Cia, ela acreditou que um dia estaria lá, traçou seu caminho e colocou todo o seu empenho nisso. Não por dinheiro, mas por ideal.

E o que mais me impressionou quando o conheci em 2004, numa coletiva de imprensa, foi que apesar das conquistas que já tinha conseguido até então, ele se manteve sempre com uma postura humilde, não se achando melhor do que ninguém e incentivando os jovens a seguirem os seus passos. Utilizando as palavras do próprio Marcos: “É preciso mostrar para a molecada que é possível chegar lá.”

Há muitas pessoas, da própria comunidade científica, especulando que sua viagem seria uma espécie de "jogada de marketing" e que o dinheiro gasto nessa viagem poderia ser melhor empregado em pesquisas aqui mesmo. Não acho que seja isso, mas mesmo que seja, ótimo, pois precisamos desse tipo de marketing! Precisamos mostrar para todos, principalmente os jovens, que existe mais nessa vida do que o nosso próprio umbigo. Mostrar que estamos tentando aprender coisas, adquirir novos conhecimentos e, principalmente, que “é possível chegar lá”. Ainda que isto esteja sendo feito de maneira modesta, essa é a forma de começar. Graças a ele, muitos jovens estão sonhando novamente em serem "desbravadores do desconhecido".

Estou tentando seguir seus exemplos, me dedicando com paciência e persistência para realizar os meus sonhos. Boa sorte Marcos!


Clique na imagem para vê-la ampliada.

4 comentários:

Renato Paiotti disse...

É Hermanito
Mudar os ícones brasileiros é uma questão de tempo, cultura e paciencia.
Num pais de Coronéis, onde o conhecimento é trocado por sobrenomes, fica dificil ter nomes de grandes ícones nacionais, mesmo tendo profissionais de qualificação superior aos encontrados lá fora, e vc sabe disso... e somente o futebol e BBB foge dos braços dos coronéis e o povo se identifica.
Enquanto o pais der chance aos apadrinhados ao invés dos realmente qualificados, não teremos ícones nacionais. E por isso o Marcos Pontes é 2X ícone nacional, uma por ter ido ao espaço e a outra por não ter padrinhos que o colocassem lá...

Jean Richard disse...

Bom, cara só tenhoq que dar os parabens pela tua atitude de criar um espaco e expor os teus trabalhos.
Isso já é um grande passo pra quem quer ir longe.
Teu desenho do cranio ta surpreendente, e os oleos muito bons, principalment a paisagem rural.
Boa sorte e Grande abraco!

bruckecaribe disse...

Olá Paulo!
Gostei das novas pinturas.
Parabéns!

W!son disse...

Caramba, heim, Paulão!!! Quer dizer que agora você vai pra Lua? Que legal ter um amigo espacial. Já sei, você vai testar lá em cima, como reage a tinta à óleo na tela, ou a argila quando estiver esculpindo. Que louco!